interrogação (?) de LED

Quem é mais sábio,
O que vive nos padrões,
Ou quem os desconhece?

Estaria melhor,
O louco esquecido,
Ou o esperto perdido?

Quem sabe dizer,
Como amar direito,
Sem aquela dor no peito?

Seria a solidão,
O templo dos gênios,
Ou a mãe dos medos?

O problema não é,
Desencontrar as respostas,
E sim, não fazer mais perguntas.

– Uriel Silveira

Compartilhar: